Revista Tucunduba, Vol. 1, No 1 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Por onde se vê

Edson Silva

Resumo


“Por onde se vê”, espetáculo da Cia Experimental de Dança Waldete Brito, dirigido pela pesquisadora e professora doutoranda da ETDUFPA que dá o nome ao grupo, é, antesde tudo, oportunidade para exercitarmos nossa percepção visual com uma obra que parece brincar com o estágio atual de diluição das fronteiras das linguagens artísticas, quando nos propõe um ambiente cênico para a dança, semelhante ao de uma galeria de arte. A brincadeira, centrada na reconstrução do ambiente da galeria, tem como objetivo a fusão da dança com o ambiente das artes plásticas, por meio de estruturas cenográficas com dimensão média de 2m x 1,70m, que compõem os “quadros vivos” da exposiçãoespetáculo.

Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Universidade Federal do Pará
Rua Augusto Correa, 1 - Cidade Universitária prof. José da Silveira Netto, Campus Básico, Guamá,
66075-110 - Belem, PA - Brasil

Revista Tucunduba - Pró-Reitoria de Extensão, Diretoria de Apoio à Cultura (DAC/PROEX).
http://revistaeletronica.ufpa.br/index.php/tucunduba
ISSN: 2179-5797 (Versão Eletrônica)


Suporte Técnico:
Luiz Roso Danin - luiz.danin@icen.ufpa.br